Alinhado ao similar europeu desde a primeira geração – a segunda inclusive chegou aqui com a reestilização que posteriormente seria lançada no Velho Continente -, o Citroën C3 nunca teve grande volume de vendas. Na época, era um “compacto premium”, com preço acima dos ditos populares justificado por um maior refinamento. O tempo passou e hoje o francês está mais em conta que muitos 1.0, mas continua distante do topo: em 2015, foi apenas o 14º mais vendido do segmento. Tendando mudar essa realidade, a marca francesa apresenta a linha 2017 com novidades. O destaque vai para a central multimídia, opcional para os acabamentos Attraction e Tendance e de série na top Exclusive. A tabela do C3 começa em R$ 39.990 e vai a R$ 62.990.

Produzido em Porto Real (RJ), o C3 2017 tem na central sua maior novidade. Com espelhamento da tela de smartphones (Mirror Link/Apple CarPlay), comandos por voz e visor de sete polegadas sensível ao toque, ela conta também com conexões USB, AUX e Bluetooth, disco rígido de 16 Gb para armazenamento de músicas, calculadora e calendário. Integra-se ao sistema o Link MyCitroën, que engloba informações como autonomia, consumo, quilometragem e localização do veículo, permitindo acesso remoto por celulares com Apple iOS e Google Android. Para os modelos Attraction e Tendance, ela sai por R$ 1.850 – e, segundo a Citroën, inclui a incorporação do ar-condicionado digital. O item não está disponível na versão de entrada Origine.

Central multimídia do Citroën C3 2017. Foto: Divulgação.

Central multimídia do Citroën C3 2017. Foto: Divulgação.

Mais mudanças

Apesar do destaque, a central não é a única novidade do C3 2017. A versão Origine 1.5 (R$ 39.990, preço promocional) segue sem alterações, saindo de fábrica com direção elétrica, sistema de som com rádio, USB e Bluetooth, ar condicionado, calotas e comandos elétricos para vidros dianteiros, travas e retrovisores. A Attracion 1.5 (R$ 48.990), que já se diferenciava por adotar rodas de liga leve, faróis de neblina, iluminação diruna em LED e vidros elétricos traseiros, ganha puxadores de porta pretos e acabamento prata acetinado em maçanetas internas e difusores de ar.

Citroën C3 2017. Foto: Divulgação.

Citroën C3 2017. Foto: Divulgação.

O modelo Tendance, vendido com motor 1.5 e câmbio manual (R$ 50.990) ou propulsor 1.6 e caixa automática (R$ 56.990), incorpora os itens da Attraction e recebe ainda alarme, sensor de obstáculos traseiro e a função Eco Drive, que altera o comportamento do trem de força em favor de um menor consumo, além do para-brisa alongado Zenith. Já a versão Exclusive (R$ 62.990), que perde a opção do 1.5, ganha os itens da Tendance, maçanetas externas na cor da carroceria – cromadas até então – e a central multimídia. Ela tem adicionais como o ar condicionado digital, o volante revestido em couro e o retrovisor interno eletrocrômico.

Confira as versões e os preços do Citroën C3 2017:

  • 1.5 Origine: R$ 39.990;
  • 1.5 Attraction: R$ 48.990;
  • 1.5 Tendance: R$ 50.990;
  • 1.6 Tendance AT: R$ 56.990;
  • 1.6 Exclusive AT: R$ 62.990.