Para disputar o mercado contra o modelo Renault Duster Oroch, a Fiat já divulgou que vai lançar em 2016 a picape-SUV Toro, modelo fabricado no interior de Pernambuco, na cidade nordestina de Goiana. Coincidência ou não, a montadora italiana anunciou o lançamento do Toro para o ano que vem, pouco tempo depois da Renault confirmar a entrega do Duster Oroch – também para 2016.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Auto55.be.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Auto55.be.

Bom, de certo modo, isso significa que ambas empresas estão empenhadas nessa disputa acirrada do mercado. E de fato, a Fiat não esconde do público e da imprensa especializada a intenção em investir intensamente no setor de veículos compacto-médios, em meio aos destaques dados a concorrentes de peso, como o modelo da marca francesa Renault.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Auto55.be.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Auto55.be.

O Toro contará com dianteira que possui dois blocos de luzes, semelhante ao que ocorre em alguns modelos Jeep. A caçamba do carro ainda virá com abertura para dois lados. A Fiat também investiu em acabamento e interior do automóvel, que ganharam design – de certa forma – considerado moderno.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Indian Autos Blog.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Indian Autos Blog.

A caçamba terá capacidade para suportar até 700 kg (versão flex) – já na versão a diesel, o índice chega a uma tonelada. Mesmo fazendo uso de uma plataforma derivada do Jeep Renegade (também um modelo da FCA – Fiat Chrysler Automobiles), o lançamento da Fiat será ainda maior. Em comprimento, por exemplo, a diferença chega a 70 cm.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Indian Autos Blog.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Indian Autos Blog.

O valor da picape-SUV Fiat Toro, no entanto, deve ser menor, se comparado aos preços relacionados à marca Jeep. É importante ressaltar que o modelo Jeep Renegade também é montado na fábrica instalada no interior pernambucano.

Mais detalhes sobre a Picape-SUV Fiat Toro

Sabe-se que muitos dos componentes do Fiat Toro serão semelhantes aos disponíveis no modelo Renegade. Isso se refere, especialmente, ao motor 1.8 flex – que inclui algumas adaptações. Mudanças essas que foram inseridas para atingir um melhor desempenho da picape-SUV. O câmbio previsto é o automático – neste caso – com seis marchas.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Carscoops.

Fiat Toro é flagrada em linha de montagem. Foto: Reprodução/Carscoops.

Vale mencionar que a opção 2.0 diesel do motor não teve qualquer alteração. Os modelos dessa versão – inclusive – contam com câmbio manual de seis marchas, além de opção automática de nove velocidades. O Fiat Toro possui outras características, tais como:

  • Suspensão que segue o conceito McPherson na dianteira e dual-link na traseira do veículo;
  • Direção tipo eletro-hidráulica (se assemelha a direção hidráulica, mas a bomba é acionada por um sistema elétrico);
  • Freios a disco nas quatro rodas do carro;
  • Bom espaço interno, especialmente a área que abrange os bancos traseiros;
  • Sistema multimídia com alguns dos recursos mais modernos do setor;
  • Luzes em LED e presença de sistema de segurança.
Teaser da Fiat Toro. Foto: Divulgação.

Teaser da Fiat Toro. Foto: Divulgação.

Teaser da Fiat Toro (após adição de brilho e contraste). Foto: Edição/Automobilista.

Teaser da Fiat Toro (após adição de brilho e contraste). Foto: Edição/Automobilista.

Na página oficial do Fiat Toro, é possível cadastrar o e-mail para receber informações sobre o lançamento do veículo. De acordo com a Fiat, o Toro “vai criar uma nova categoria de automóvel”. Em seu site, a empresa multinacional destaca que o modelo é uma junção entre a “robustez de uma picape e o conforto de SUV”.

Fiat vendeu mais de 40.974 veículos em agosto

A empresa continuou na liderança de vendas de carros de passeio nos primeiros oito meses do ano, segundo informações da assessoria de imprensa da montadora italiana. Foram mais de 40.974 unidades vendidas no mês agosto que, no caso, se referem às marcas Chrysler, Dodge, Fiat, Jeep e RAM.

Banner da FCA - Fiat Chrysler Automobiles na Bolsa de Nova York (NYSE) marca o início da negociação de ações da empresa em 13 de outubro de 2014. Foto: Divulgação.

Banner da FCA – Fiat Chrysler Automobiles na Bolsa de Nova York (NYSE) marca o início da negociação de ações da empresa em 13 de outubro de 2014. Foto: Divulgação.

Em relação ao total de veículos vendidos, entre os meses de janeiro a agosto, o índice chega a cerca de 329.505 veículos comercializados das marcas citadas. Isso significa 19,5% do total do mercado. Em agosto, só a Fiat emplacou 36.042 unidades (total de 310.825 no ano). Entre as marcas de veículos mais vendidas até agora, a lista traz três modelos da Fiat – no caso – são os seguintes: Palio, Picape Strada e Uno. Lembrando que o Fiat Palio registrou em agosto 9.260 vendas no país, o Strada teve 8.870 e o Fiat Uno obteve 6.917 comercializações de modelos em todo o país.

Outro destaque comemorado pela empresa europeia é o crescimento nas vendas dos automóveis da marca Jeep – que figura entre os 15 modelos mais vendidos do país, em agosto. Foram 4.786 unidades emplacadas – isso quer dizer também um índice e 2,4% de market share, relativo a este mês observado. A multinacional afirma que o SUV Renegade – lançado no início do segundo semestre de 2015 – é o grande responsável pela obtenção dessas vendas registradas.