Chevrolet_Onix_motorDurante coletiva concedida a jornalistas brasileiros no Salão de Detroit, o presidente mundial da GM, Dan Ammann, e o presidente para a América do Sul, Jaime Ardilla, deixaram escapar que a marca planeja introduzir uma nova linha de motores no mercado brasileiro nos próximos quatro anos, entre eles uma opção 1.0 de 3 cilindros.

“Do investimento de R$ 6,5 bilhões tem uma parte significativa para powertrain, ou seja, motor e transmissão e isso inclui o motor de 3 cilindros”, disse Ardilla aos jornalistas. Ele ainda afirmou que com a chegada do Inovar Auto os motores de 1.0 de 3 cilindros se tornarão obrigatórios em nosso mercado e que em breve esse bloco vai equipar alguns modelos no país. Pra ele é difícil acompanhar a concorrência sem oferecer essa tecnologia.

O presidente Jaime Ardilla também adiantou que a produção dos novos propulsores deve ser realizada na fábrica de Joinville (SC), pois de momento a unidade no sul do país é mais preparada para receber novos investimentos nesse sentido. A ideia é fazer a ampliação do complexo para receber a nova linha, porém ainda não foram definidas datas, o tamanho do investimento e nem quais propulsores serão feitos por lá.