Responsável por ser a versão top de linha do Corolla 2015, a configuração Altis vem recebendo inúmeras críticas de especialistas e consumidores. O motivo principal do descontentamento seria o preço do modelo que não condiz com o que o carro realmente oferece.

Entre o Corolla Altis e o Corolla XEi (a versão intermediária do Corolla), existem impressionantes R$ 13 mil de diferença. O consumidor paga muito mais por quase nada, visto que a diferença entre as duas versões é bastante limitada.

Sobre as diferenças, o Corolla Altis 2015 conta com iluminação de cortesia no espelhinho do motorista, detalhes externos cromados, dois airbags extras (de cortina, o que são sete ao total, contra cinco do XEi), retrovisores externos rebatíveis, acendimento automático dos faróis, partida por botão e luzes de posição em LED. Essas mudanças realmente valem 13 mil reais? Para a Toyota sim.

Lembrando que o Corolla Altis se tornou o sedan médio (top de linha) mais caro do segmento, estando acima do seu principal rival, o Volkswagen Jetta TSI, que conta com motor turbo de 211 cavalos de potência e transmissão de dupla embreagem (a diferença de preço é de R$ 100).

Em relação ao design, podemos dizer que o Toyota Corolla 2015 está mais bonito que o modelo anterior. A traseira conta com uma solução bastante comum nos sedans médios, a união das lanternas (de formato levemente quadrilátero) por meio de uma barra cromada que dialoga com a luz de lente branca da ré. Podemos destacar também o visual mais robusto e descolado, onde as linhas mais fortes e sofisticadas dominam a carroceria. A dianteira ganhou grade frontal e faróis renovados, além de novos contornos nos para-choques.

Internamente, temos pontos positivos e negativos, para começar vamos citar alguns problemas encontrados no interior do Corolla Altis 2015. O volante é ligeiramente “torto” (a porção da direita fica mais próxima ao corpo), a distância entre o motorista e o para-brisa é demasiada curta, o painel é muito alto e reto (parecendo uma espécie de muro), alguns instrumentos e botões de comando são dotados de iluminação azul (algo que lembra bastante os carros chineses quando tentavam imitar a iluminação da Volkswagen), alguns comandos não funcionam (como é o caso da tecla Sport e dos comandos dos vidros elétricos), entre outros.

A parte boa fica por conta do imenso espaço interno, tudo graças aos 1,77 m de largura e 2,7 m de distância entre-eixos. No quesito comodidade e conforto, o Toyota Corolla 2015 é líder disparado.

As críticas relacionadas à cabine do Toyota Corolla Altis 2015 se dão pelo fato de que os seus concorrentes contam com cabines bem projetadas e dotadas de equipamentos e acabamento de alto nível.

No quesito parte mecânica, o Corolla Altis 2015 também merece destaque, visto que o motor 2.0 acoplado à uma transmissão CVT de sete marchas (opção de paddle shift ou na própria alavanca) oferece bastante potência para que o motorista tenha uma experiência de desempenho bastante agradável. Em relação ao consumo, os testes indicaram um gasto de 7,8 km por litro (gasolina) na cidade.