Maior torneio de tênis do mundo, Roland Garros é o sonho de consumo de qualquer tenista, no entanto conquistar o troféu da competição é um feito para poucos. Toda a sofisticação e luxo que cercam as partidas do campeonato serviram para inspirar a Peugeot, que criou uma série exclusiva que faz alusão ao torneio.

Bastante conhecida dos consumidores, a série Roland Garros é tradicionalmente usada pela Peugeot nos modelos mais luxuosos, refinados e completos. Para mais uma edição da versão, a montadora francesa elegeu o compacto 208 como responsável por homenagear o torneio. Lembrando que a série é exclusiva para o modelo com a carroceria de cinco portas.

De diferente dos modelos originais, a parte externa do Peugeot 208 Roland Garros conta com retrovisores elétricos rebatíveis e aquecíveis, pintura externa em branco ou preto, faróis de neblina, luzes diurnas com LED’s, pacote de cromados externos e rodas de liga leve aro 16.

A parte interna dispõe de tela multimídia de 7 polegadas, controle de cruzeiro, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, ar-condicionado digital dual zone, bancos revestidos, entre outros. Sistema de navegação GPS, teto panorâmico e a função Park Assist são equipamentos opcionais.

Os motores são o 1.2 VTI capaz de gerar 82 cv de potência e o 1.6 e-HDI (diesel) que fornece 92 cv de potência (a versão também conta com tecnologia Start&Stop). Ambos os propulsores são associados a uma transmissão manual de cinco velocidades.

Sobre o preço, a versão com motor 1.2 VTI custa 15.800 euros (aproximadamente R$ 51.700), enquanto o modelo equipado com propulsor 1.6 e-HDi sai por 18 mil euros (aproximadamente R$ 58.900). Ainda não se sabe se o modelo virá para o mercado brasileiro.