Motores Rocam da Ford terão sua produção encerrada na fábrica de Taubaté (SP)

A Ford está contando os dias para encerrar a produção dos motores Rocam, que são feitos na fábrica de Taubaté (SP). O motivo do fim da produção desses propulsores é o encerramento da produção do Ka, que sai de linha definitivamente em dezembro deste ano para a chegada da nova geração, que deve chegar em abril do ano que vem.

Devido ao fim da linha de produção do motor Rocam, a marca deve demitir cerca de 290 funcionários até março de 2014. Para resolver esse problema, a Ford abriu um programa de demissões voluntárias (PDV), onde vai oferecer 0,83 salário extra por ano trabalhado. De acordo com a marca, cerca de 230 trabalhadores já aderiram ao plano, em sua maioria aposentados.
Por Marcus Lauria