Dando sequência ao seu projeto de vários lançamentos até 2016, a Fiat apresentou no Salão de Guangzhou, na China, o tão comentado e esperado Ottimo, modelo esse que será a versão hatchback do Viaggio e responsável por substituir o Bravo.

A previsão é de que o Fiat Ottimo chegue ao mercado chinês em dezembro de 2013. Responsável por substituir o Bravo em diversos mercados, a previsão é de que o modelo comece a ser fabricado no Brasil, na nova fábrica da Fiat em Goiana (PE), a partir de 2016.

Em relação ao visual, o destaque fica por conta da traseira totalmente renovada, onde as lanternas e o para-choque foram totalmente redesenhados e da dianteira, que agora é composta por uma grade ligeiramente menor.

O interior do Fiat Ottimo conta com teto semelhante ao do Alfa Romeo Giullieta, volante e painel central iguais aos do Freemont e bancos revestidos com tecido (possivelmente um dos maiores defeitos do modelo italiano).

Na parte mecânica, o Fiat Ottimo será equipado com o motor 1.4 Turbo capaz de gerar 121 cv de potência e 152 cv de potência, visto que serão disponibilizadas duas versões. A transmissão será manual de cinco velocidades ou automatizada de dupla embreagem (DCT).

Sem definições quanto à sua chegada ao Brasil, o Fiat Ottimo também não possui previsão de preço. Há quem diga que a montadora italiana esteja querendo ressuscitar o antigo Tempra, no entanto nada foi confirmado oficialmente pela marca.

Os primeiros comentários são de desaprovação, com alguns consumidores e especialistas afirmando que será mais uma bola fora da Fiat. Vamos aguardar a divulgação de novas informações para que possamos tirar outras conclusões.