A Peugeot continua seu processo de retomada do mercado, tanto que a montadora francesa apresentou a nova linha do sedan 408 com mudanças que, com certeza, farão o modelo aumentar seu número de vendas mensais, pelo menos é o que espera a empresa.

Entre todas as novidades presentes no Peugeot 408 2014, a suspensão e a nova transmissão automática merecem destaque, visto que ambas contribuem na elevação de patamar do carro, que agora poderá brigar de igual para igual com seus concorrentes (a antiga transmissão automática do modelo, colocava o 408 em desvantagem em relação aos seus rivais).

Novo câmbio automático

Abandonando as obsoletas quatro marchas, a nova transmissão automática do novo 408 contará agora com seis velocidades. Para que essa mudança surtisse efeito na prática, o modelo teve suas linhas de escape e de admissão de ar totalmente renovadas.

Além disso, a caixa AT6 ainda dispõe de um sistema de correção dinâmica (faz a leitura do relevo pela qual o veículo está trafegando), onde a transmissão retém a marcha em casos onde o motorista desiste de fazer uma ultrapassagem e tira o pé do acelerador, executa a melhor faixa possível de torque nas subidas e segura as marchas em descidas (com o auxilio do freio motor).

Com a caixa AT6, o Peugeot 408 2014 teve seu consumo de combustível reduzido em cerca de 5%, sendo que os testes foram feitos na cidade e na estrada, tendo o modelo abastecido tanto com etanol quanto com gasolina.

Nova suspensão

Em relação à suspensão, o eixo dianteiro ganhou um novo apoio superior da mola, com essa novidade, a filtragem das irregularidades do piso foi melhorada. Já o eixo traseiro, conta agora com um calço de elastômero no apoio da carroceria com a mola e também com novas buchas de articulação (agora muito mais macias).

Para assegurar maior conforto aos ocupantes do banco traseiro e também para garantir o controle de estabilidade e de vibrações o novo 408 conta com um trem traseiro que é composto por uma barra estabilizadora e uma travessa deformável.

Pensando também no conforto acústico dentro do veículo e no favorecimento da dirigibilidade, a Peugeot implementou na suspensão dianteira, novas articulações flexíveis entre a longarina e a suspensão e o sistema MacPherson invertido com barra estabilizadora desacoplada.

Como “cereja do bolo” e na intenção de garantir uma condução ainda mais suave, a Peugeot equipou o 408 2014 com pneus verdes de baixa resistência ao rolamento (eles também auxiliam na diminuição do consumo de combustível).

Itens de série

Como itens de série, o Peugeot 408 2014 conta com volante multifuncional, rodas de liga leve, rádio CD-Player com MP3, Bluetooth, USB e entrada auxiliar, controlador automático de velocidade, direção eletro-hidráulica, computador de bordo, coluna de direção com ajuste de profundidade e altura, banco do motorista com regulagem de altura, ar-condicionado digital de duas zonas, travas e vidros elétricos, lanternas e faróis de neblina, freios com sistema ABS (antitravamento), airbag duplo e sensor de estacionamento traseiro. Na versão top de linha, THP, o sensor de estacionamento dianteiro e faróis de xenônio autodirecionais aparecem como opcionais.

Motorização

Antes, apenas disponível na versão com motor 1.6 THP de 165 cv de potência, o novo 408 passa a contar agora também com o propulsor 2.0 16V VVT Flex capaz de gerar 151 cv de potência com etanol e 143 cv de potência com gasolina.

Nas acelerações de 0 a 100 km/h, houve uma melhora de 1,4 segundos (comparando ao modelo com câmbio de quatro velocidades) e nas retomadas essa redução foi de 0,5 segundos.

Diminuição dos ruídos

Na iniciativa de diminuir os ruídos, a Peugeot implementou um tratamento acústico ao novo 408, onde uniu-se a aplicação de um para-brisas acústico que filtra os ruídos externos, placas insonorizantes, vidros laterais com espessura de 4 mm, juntas de dupla vedação e rigidez da carroceria.

Preços e versões

O Peugeot 408 2014 chega ao mercado em outubro de 2013, tendo as versões Griffe (com motor 1.6 THP de 165 cv de potência e câmbio automático de seis velocidades) e a Allure (com motor 2.0 16V VVT Flex de 151 cv de potência com etanol e 143 cv com gasolina).

Os preços do novo Peugeot 408 são os seguintes:

  • Peugeot 408 Allure 2.0 MT 2014: R$ 59.990
  • Peugeot 408 Allure 2.0 AT 2014: R$ 65.990
  • Peugeot 408 Griffe 1.6 THP 2014: R$ 73.990