Infiniti pretende fabricar veículos no México e vender no Brasil

A marca de luxo japonesa têm planos de aproveitar a atual estrutura da Renault-Nissan na planta mexicana de Aguascalientes para montar um complexo exclusivo de produção de seus veículos, que terão como principais destinos os mercados americano e sul-americano, esse último incluindo o brasileiro a partir de 2015.

A ideia inicial é montar por lá um inédito compacto baseado no conceito Q30, que será mostrado a partir do próximo dia 12 no Salão de Frankfurt. Dele surgiria também um inédito SUV compacto que dividiria componentes com o cupê compacto CLA da Mercedes, que também será montado em terras mexicanas. Isso só será possível graças a um acordo de parceria entre os dois grupos alemão e japonês que existe desde 2010.

 
Infiniti pretende fabricar veículos no México e vender no Brasil

Fora os planos de produzir e de trazer veículos direto do México sem imposto de importação, a marca já confirmou em 2012 que vai importar veículos ao país a partir do terceiro trimestre do próximo ano. Entre os primeiros modelos confirmados para desembarcar no país estão o crossover esportivo QX70, antes conhecido como FX, e que já faz muito sucesso entre os importadores independentes, além do recém-apresentado sedã Q50 para competir diretamente com modelos da Mercedes, Audi e BMW.

Os modelos inicialmente serão oferecidos em dois pontos de venda exclusivos, um no Rio e outro em São Paulo. Em 2017, já com a presença do compacto Q30 no mercado, a ideia é adicionar novos pontos começando pelo sul do país.