Com melhorias no câmbio e na suspensão, Peugeot lança linha 2014 do sedan 408 Para tentar aumentar as vendas do pacato sedan 408 da Peugeot, a marca francesa resolveu fazer algumas melhorias no modelo. Entre elas estão a suspensão e o câmbio renovados. A linha 2014 recebeu um câmbio automático de seis marchas, feito pela fabricante japonesa AISIN, que passa a estar disponível também para a versão com motor 2.0 flex e não apenas para o 1.6 THP.

A nova caixa de câmbio exigiu algumas mudanças no motor, como a instalação de novas linhas de admissão de ar e de escape, além de uma calibração específica. De acordo com a marca, o o novo câmbio automático proporcionou ao sedan uma leve redução no consumo de combustível, cerca de 5% se comparado com sua versão anterior em testes realizados pelo Departamento de Engenharia da PSA Peugeot Citroën.
Com melhorias no câmbio e na suspensão, Peugeot lança linha 2014 do sedan 408
Os números de desempenho foram revelados, ele faz de 0 a 100 km/h 1,4 s mais rápido em relação ao câmbio de quatro velocidades, pois a caixa AT6 tem relações mais curtas em 1ª e 2ª marchas. Além das retomadas, que estão mais ágeis, como de 80 km/h a 120 km/h, no qual o tempo foi reduzido em 0,5s.
O modelo também recebeu um novíssimo conjunto de suspensão: no eixo traseiro, sendo que foram substituídas as buchas de articulação, que agora estão mais macias, e foi colocado um calço de elastômero no apoio da mola com a carroceria. Enquanto que no eixo dianteiro, foi aplicado um novo apoio superior da mola, que também contribui para a melhor filtragem das irregularidades do piso.
Com melhorias no câmbio e na suspensão, Peugeot lança linha 2014 do sedan 408
Sobre os preços, a marca divulga que a versão manual de cinco marchas parte de R$ 59.990, chegando a R$ 73.990 na versão com motor 2.0 flex automático e a topo de linha com motor 1.6 THP, disponível apenas com caixa automática de seis marchas por R$ 73.990.
Por Marcus Lauria