A Fiat parece realmente apostar no sucesso da linha 500, isso por que dias após anunciar o modelo Cabrio, a montadora italiana apresentou a versão Living, onde o antigo compacto se transforma em uma minavan de 7 lugares. Em 2012 a marca já tinha trazido ao mercado o 500L que possuía 5 lugares, mas ao que parece a empresa pretende dar ainda mais espaço aos passageiros.

1 cm mais alto e 21 cm maior que o 500L, o Fiat 500 Living conta com 1,78 m de largura, 1,67 m de altura e 4,35 m de comprimento, dimensões essas que são as mesmas da minivan original. O porta-malas pode suportar até 638 litros, sendo 238 litros a mais que o do modelo 500L, no entanto para atingir esse volume de armazenamento, a terceira fila de bancos tem de estar rebatida.

A parte mecânica do veículo continua a mesma, sendo assim o 500 Living contará com os motores 1.3 MultiJet de 85 cv de potência acoplado a uma transmissão automática e 1.6 que fornece 105 cv de potência com câmbio manual, ambos movidos a diesel. Já as opções 0.9 TwinAir turbo de 105 cv de potência com câmbio manual e 1.4 de 95 cv cavalos de potência com transmissão manual são movidas a gasolina.

No velho continente, o modelo estará disponível em 6 opções de acabamento interno, 19 cores de pintura da carroceria (11 bicolores) e duas configurações. As vendas na Itália estão previstas para começar em julho de 2013. Nos demais países da Europa, a comercialização do modelo deve ter início ainda esse ano.

A linha 500L é fabricada na fábrica da Fiat em Kragujevac, na Sérvia, sendo o modelo um derivado do já conhecido compacto 500, popularmente conhecido como Cinquecento.

A má notícia é de ainda não se sabe se o veículo poderá ser vendido no Brasil, no entanto a vinda do 500 Living para o mercado argentino pode ser um sinal de que a Fiat possui planos para ele também em terras canarinhas.

Vale lembrar que a Fiat está construindo uma nova fábrica em Pernambuco, no entanto ainda não foram divulgados os modelos que nela serão produzidos.