O flagra da nova geração do sedã foi feito no único país que ainda o comercializa, a China. Com codinome “Santana NF”, ele ainda passa por testes e tudo indica que chegará em novembro para dar fim ao modelo atual, presente desde 1985 no mercado local.

O novo modelo agora vai ser baseado no VW Polo sedan e será um pouco maior devido ao aumento da distância entre-eixos. O desenho lembra bastante o Novo Jetta vendido no mercado brasileiro, mas o resultado final é de gosto duvidoso, principalmente pelo baixo nível de construção que aparenta.

A fabricação do Novo VW Santana continuará a cargo da parceria Shangai-VW e a expectativa é que o novo modelo continue a carreira de sucesso construída pelo modelo atual que mesmo não tendo mais um projeto atual, ainda encanta os chineses pelo excelente custo benefício.

Os motores previstos são um 1.4 de 90 cv e outro 1.6 com 110 cv de potência. Os preços devem ficar entre 60.000 e 80 yuan (algo em torno de R$ 20.000 e R$ 27.000).

Imagens: Auto Sohu