Na onda dos motores ecologicamente corretos, a marca japonesa trouxe ao país diretamente do Japão pelo menos quatro unidades da versão híbrida do sedã de acordo com informações apuradas essa semana pelo pessoal do IG Carros.

Essa versão do sedã-médio é equipada com motorização 1.5 16V i-VTEC de 87 cv somada a um propulsor elétrico capaz de gerar 23 cv. O câmbio é do tipo CVT com relações infinitas de marchas e sem comando sequencial. Essa mecânica permite ao sedã percorrer 19 km com apenas 1 litro de gasolina.

Ainda não se sabe se a marca tem intenção de comercializar essa opção híbrida em nosso mercado, mas a notícia da chegada do Toyota Prius no segundo semestre desse ano com certeza deve ter feito os diretores da filial brasileira da marca repensarem seus planos.

A única certeza mesmo é que o preço será bem salgado, pois até nos EUA (seu principal mercado) ele é vendido com preço elevado em relação à versão normal.

Informações: IG Carros