A grande empresa alemã do grupo Volkswagen, a Audi, havia lançado, na Europa, no mês de novembro do ano de 2014, o novo Audi A1 Sportback e, portanto, já era mais do que tempo de o mesmo chegar em terras tupiniquins. O modelo, que já estava disponível no velho continente e em diversos outros mercados, chega com várias mudanças em relação ao modelo comercializado anteriormente pela marca, tanto no conjunto mecânico, como também no design, além de contar com uma extensa lista de equipamentos.

Audi A1 Sportback 2016. Foto: Divulgação.

Audi A1 Sportback 2016. Foto: Divulgação.

Com relação à parte externa, este novo modelo da marca adotou um novo conjunto óptico com lanternas e faróis redesenhados que possuem lâmpadas em LED e iluminação ainda mais sofisticada, além de grade e para-choques reestilizados e diversas opções de cores para a carroceria.

Audi A1 Sportback 2016. Foto: Divulgação.

Audi A1 Sportback 2016. Foto: Divulgação.

Embaixo do capô, o hot hatch conta com um motor 1.4 cilindradas TFSI, que agora passa a gerar uma potência máxima de 125 cv a 5 mil rpm. Um total de 3 cv a mais do que antes, o que pode não parecer mas resulta em uma grande diferença de performance. O modelo conta com 20,3 kgfm atingidos entre 1.400 e 4.000 giros. A empresa germânica afirmou que este lançamento promete também uma maior economia em relação ao consumo de combustível e essa mudança será percebida no bolso, já que, em nosso país, nos deparamos com preços absurdos, tanto para o etanol, quanto para a gasolina. É importante ressaltar que a montadora não irá comercializar no Brasil, o modelo que é vendido na Europa, que possui um propulsor de mil cilindradas e triplo cilindro, turbo, movido a gasolina e com um total de 95 cv de potência, o mesmo que é utilizado no Volkswagen up! TSI. Isso ocorrerá pelo fato de que o Audi A1 é vendido como um carro “de grife” e não como um modelo popular acessível, o que, realmente, não teria nenhuma lógica, já que cobrar praticamente R$ 100 mil em um modelo que possui o mesmo motor do VW up! não faria nenhum sentido.

Apenas o Sportback de quatro portas será comercializado no país. Já estão disponíveis duas versões: a Attraction 1.4 TSFI e a Ambition 1.8 TSFI. A primeira, que terá pneus 215/45 com rodas de aro 16, alcança 204 km/h e vai de 0 a 100 km/h em 8,8 segundos, já a segunda atinge uma velocidade máxima de 234 km/h, indo de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos, em virtude de seu motor, que gera 192 cv de potência a 5.400 giros e 25,5 kgfm entre 1.250 e 5.300 rotações por minuto. Os dois terão tração dianteira e câmbio de dupla embreagem S tronic com sete marchas.

Em contrapartida a versão mais “excitante”, que é a S1, foi desconsiderada pela fabricante, por conta do preço elevado que a mesma poderia ter no Brasil. As variantes que serão colocadas a venda em território brasileiro terão um valor que irá oscilar entre R$ 96 mil e R$ 111 mil.