Você sabia que a Yamaha também é capaz de fabricar automóveis? A empresa japonesa, com sede em Hamamatsu, é famosa por fabricar motos e até instrumentos musicais como pianos e órgãos há mais de 128 anos, porém uma das maiores atrações do Salão do Automóvel, que ocorreu entre os dias 29 de outubro e 8 de novembro deste ano, na cidade de Tóquio, foi o lançamento do mais novo carro-conceito esportivo fabricado pela companhia, o Sports Ride Concept, o qual é baseado em um outro protótipo, exibido na edição que se deu no ano de 2013, o MOTIV, uma obra do mesmo criador do McLaren F1, Gordon Murray.

Yamaha Sports Ride Concept durante exibição no Salão do Automóvel de Tóquio. Foto: Divulgação.

Yamaha Sports Ride Concept durante exibição no Salão do Automóvel de Tóquio. Foto: Divulgação.

O carro esportivo da marca japonesa vem com uma proposta de exploração de um visual futurista, dotado de um porte bem avantajado e de diversas curvas aerodinâmicas. O que mais chama atenção no modelo, além de ser uma de suas principais características, é o quesito peso. O carro pesa apenas 750 kg e isso se dá graças à aplicação da tecnologia chamada pela empresa de iSTREAM, que faz uso de fibra de carbono para a construção do chassi. Essa carga está distribuída em uma carroceria que possui as seguintes medidas: no comprimento conta com 3,90 m, na largura são 1,72 m e por fim uma altura de 1,17 m. O interior, de acordo com a própria fabricante, possui um desenho envolvente e traz o desejo de criar um paralelo com a experiência de um piloto de motocicleta. Lembrando que o modelo comporta apenas dois passageiros (o condutor e mais um).

Yamaha Sports Ride Concept durante exibição no Salão do Automóvel de Tóquio. Foto: Divulgação.

Yamaha Sports Ride Concept durante exibição no Salão do Automóvel de Tóquio. Foto: Divulgação.

A Yamaha ainda não divulgou dados técnicos nem o real desempenho do coupé. O motor, localizado em posição central, sob o capô – o qual possui diversos recortes – ainda é uma incógnita. Uma hipótese comentada é o uso de uma motorização elétrica, fazendo com que a dupla saída de escapamento elevada, localizada na parte central do carro, seja apenas um incremento visual. O que se sabe é que provavelmente o veículo terá um desempenho muito bom, devido ao seu peso reduzido.

Na parte interna ele continua abusando dos componentes de fibra de carbono, como, por exemplo, no acabamento das saídas do ar-condicionado. O volante, uma parte do console e do painel são revestidos de couro na cor marrom. O grande destaque nos instrumentos vai para o conta-giros, que tem uma grande semelhança com o de motos esportivas, enquanto a coluna de direção vem munida de aletas para realizar a troca de marchas.

Interior do Yamaha Sports Ride Concept durante exibição no Salão do Automóvel de Tóquio. Foto: Divulgação.

Interior do Yamaha Sports Ride Concept durante exibição no Salão do Automóvel de Tóquio. Foto: Divulgação.

Embora muitos tenham se impressionado com a estreia deste veículo que leva a marca da Yamaha, saiba que não é a primeira vez que isso acontece. No ano de 1992 a mesma empresa anunciou um outro esportivo que levava o nome de OX99 – 11, o qual possui um motor incrível, com seus potentes 12 cilindros, dispostos em formato de “V”, 3.500 cilindradas e a grande capacidade de atingir 400 cv de potência. No entanto, o protótipo em questão teve apenas 3 unidades construídas.