A Ford já teve a fama de se “inspirar” nas demais montadoras, algo que não é totalmente mentira, visto que é fácil perceber boas semelhanças entre os modelos norte-americanos da marca e carros de outras montadoras. Exemplo disso é a relação entre o Ford EcoSport e o Kia Sportage, visto que são veículos de design bastante semelhante.

No entanto, ultimamente, a Ford parece ter percebido que seguir essa linha não é o suficiente e botou sua equipe de planejamento e criação para trabalhar iniciando assim uma série de lançamentos com um padrão bastante exclusivo da marca.

Como identidade visual, a Ford criou a tão comentada grade frontal que rapidamente ganhou espaço e conquistou a preferência dos consumidores brasileiros. Além disso, a montadora norte-americana também tem investido em conforto e desempenho, visto que inseriu novos itens de série em suas linhas e criou novas famílias de motores.

Para 2014, as mudanças já foram bastante visíveis, no entanto, em 2015 essa “virada” da montadora se mostrou ainda mais contundente. Com bons lançamentos e um relevante volume de vendas, a Ford parece ter entendido que é preciso seguir seus princípios e ser coerente à sua própria tradição.

Como um dos seus trunfos para 2015/16, a Ford apresentou o novo Taurus, sedan mais luxuoso da marca. O lançamento aconteceu no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. Como parte de sua nova estratégia, o modelo seguirá o mesmo padrão do Mondeo e do Fusion, mostrando assim que a montadora estadunidense está realmente empenhada em manter sua identidade.

Ford apresenta o novo Taurus no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. Foto: Divulgação.

Ford apresenta o novo Taurus no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. Foto: Divulgação.

Sobre as novidades do Ford Taurus, vale ressaltar que o modelo conta com função de massagem e ajuste lombar nos bancos (elétricos) dianteiros e traseiros, central multimídia com tela de 10 polegadas, teto panorâmico, rodas aro 19, 3 m de distância entreeixos e 5 m de comprimento.

Os motores serão o 2.0 litros EcoBoost GTDi de quatro cilindros com capacidade de entregar 245 cv de potência e o 2.7 litros V6 EcoBoost GTDi de 329 cv de potência. Ambos os propulsores serão equipados com transmissão automática de seis marchas.

Tradicional nos mercados emergentes com seus sedans de luxo, a Ford fez bastante sucesso no Brasil na década de 70 nessa categoria, quando lançou os inesquecíveis Landau e Galaxie. Além disso, vale lembrar que essas duas máquinas foram as primeiras da linha de luxo da montadora norte-americana fabricadas em terras brasileiras.

O Ford Taurus também já esteve presente no mercado brasileiro, isso foi na década de 90, sendo o carro responsável por representar a montadora na categoria de luxo no país. Atualmente, a Ford ocupa a liderança da categoria com o Fusion, modelo esse que aparece com 90% de participação do mercado e que conta com três versões distintas: O Hybrid, o 2.5 Flex de 175 cv de potência e o 2.0 litros EcoBoost de 234 cv de potência.

Ford apresenta o novo Taurus no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. Foto: Divulgação.

Ford apresenta o novo Taurus no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. Foto: Divulgação.

Os próximos anos são promissores para a Ford, visto que a montadora parece ter percebido que o caminho é apostar nela mesma. Sendo assim, a montadora começa a demonstrar um estilo e um grau de criação que há muito não era visto pelos consumidores.

Para o próximo ano, especula-se que a Ford planeja lançar mais dois modelos totalmente inéditos, além de atualizar as linhas já existentes. Isso não aconteceu em 2015, visto que a crise econômica está afetando bastante os planos das montadoras.

Ainda não existe uma data oficial para a chegada do Ford Taurus no mercado brasileiro, no entanto a imprensa automotiva circulou a notícia de que a montadora gostaria de um lançamento para dezembro desse ano, algo que não parece muito plausível, visto que já estamos “em cima da hora”.

O lançamento deve ficar mesmo para 2016, sendo o Salão do Automóvel de São Paulo a data limite para que a Ford finalmente lance o seu modelo de luxo no país, o que representaria entrar forte na categoria e brigar de igual para igual com os demais concorrentes. Lembrando que a Ford tem travado um duelo pesado com as montadoras asiáticas no país.