• A Ford apresentou no Salão do Automóvel de Frankfurt o novo Ford GT, superesportivo com mais de 600 cv de potência;
  • Também foram exibidos os demais modelos de alto desempenho da linha, incluindo o Focus RS, o Focus ST e o Fiesta ST, além do Ford Mustang;
  • Pela primeira vez o Ford Mustang será comercializado no continente europeu nas carrocerias fastback e conversível.
Ford GT. Foto: Divulgação.

Ford GT. Foto: Divulgação.

A Ford reservou o segundo dia do Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, para a estreia na Europa do novo GT, superesportivo com mais de 600 cv de potência. Foi exibido junto com os demais modelos de alto desempenho da linha, incluindo o Focus RS, o Focus ST e o Fiesta ST, além do Ford Mustang, que pela primeira vez será comercializado no continente europeu, nas carrocerias fastback e conversível.

Ford GT. Foto: Divulgação.

Ford GT. Foto: Divulgação.

Veículo principal da Ford Performance, o Ford GT participará da corrida de Le Mans no próximo ano e traz uma série de tecnologias inovadoras em sua segunda geração, inspirada no legendário modelo que quebrou a hegemonia da Ferrari em Le Mans, nos anos 60, com quatro vitórias consecutivas no famoso circuito francês. Carroceria ultraleve construída em fibra de carbono e alumínio, motor V6 EcoBoost, suspensão ativa, freios de carbono cerâmica e “cockpit” em estilo de competição são alguns elementos que fazem dele o supercarro mais avançado já produzido pela marca.

Ford GT. Foto: Divulgação.

Ford GT. Foto: Divulgação.

O novo Focus ST, com motor 2.0 turbo de injeção direta EcoBoost, com mais de 250 cv, suspensão esportiva e controle vetorial de torque, combina refinamento de engenharia e adrenalina, como é tradição da grife ST. O Fiesta ST, com motor 1.6 EcoBoost de cerca de 200 cv e rodas de 17 polegadas, segue a mesma receita para apimentar o compacto que é chamado de “ovelha negra” da linha. O Focus RS, modelo de produção da linha mais rápido do mundo, entre outras novidades traz um motor 2.3 EcoBoost com mais de 350 cv.

O Mustang, esportivo mais vendido do mundo em 2015, é outro astro do salão europeu, trazendo versões com direção do lado esquerdo ou direito para atender os diferentes mercados. O carro teve uma excelente estreia no continente, com mais de 8.000 unidades comercializadas. Além do motor V8 5.0, ele tem a opção do 2.3 EcoBoost, ambos com transmissão automática ou manual.