Jeep-Cherokee-01Como mudanças de “meia vida”, a Jeep já planeja uma reestilização para a linha do Cherokee, que já soma pouco mais de dois anos de mercado. O novo modelo deve ser apresentado pela montadora norte-americana em meados de 2016, como linha de 2017, mas segundo o chefe da marca, Mike Manley, o visual diferenciado deve ser mantido.

“O estilo e a forma geração serão mantidos”, disse o executivo. “Não há necessidade de mudar dramaticamente este veículo daqui para frente”. Portanto, é de se esperar que o Jeep Cherokee continue oferecendo os faróis auxiliares afilados no topo e os principais no centro da dianteira, além da característica grade dividida em sete peças.

Além disso, o Cherokee deve ganhar melhorias na parte mecânica, como forma de “apagar” os problemas enfrentados pelas primeiras unidades da atual geração, que apresentou defeitos na transmissão automática de nove velocidades. Ainda segundo Manley, a marca deve “continuar melhorando a qualidade” sempre que puder.

O Cherokee se posiciona como o modelo mais vendido da Jeep nos Estados Unidos, com aumento de 31% nas vendas de janeiro a junho deste ano, em relação ao mesmo período em 2014.