bugatti-chironDurante uma entrevista ao portal Auto Bild, o CEO do Grupo Volkswagen, Martin Winterkorn, confirmou o lançamento do novo superesportivo da Bugatti, que chegará ao mercado para ocupar o lugar do Veyron (que inclusive já deixou de ser produzido). Segundo o executivo, o bólido deve ser lançado mundialmente em meados de 2018.

Ainda não há muitos detalhes a respeito do novo modelo, mas ao que tudo indica, o Bugatti será equipado com um conjunto híbrido, com direito a um propulsor W16 (dezesseis cilindros em “W”) de 8.0 litros, com pelo menos dois turbos elétricos, capaz de entregar cerca de 1.500 cavalos de potência.

Com esse conjunto, o superesportivo deve acelerar de 0 a 100 km/h em pouco mais de dois segundos e atingir velocidade máxima de 450 km/h.

Além disso, Winterkorn revelou que a VW deve lançar outros três modelos, o que deve incluir um hatch, um sedã e um crossover, com produção na China e provavelmente exportação para outros mercados. Os modelos devem ser oferecidos com preços entre 8 mil e 10 mil euros.