Toyota Hilux 2016. Foto: Divulgação.

Toyota Hilux 2016. Foto: Divulgação.

A Toyota revelou a nova geração da picape Hilux e um dos principais destaques é a motorização. Nos mercados asiáticos os veículos vendidos contarão com o novo motor 2.8, movido a diesel, de 177 cv de potência e 45,9 kgfm de torque atuando em conjunto ao, também novo, câmbio automático de seis marchas. Para outros mercados, a Toyota Hilux 2016 será disponibilizada com o 2.4 Turbo Diesel de 160 cv e 40,8 kgfm de torque, além dos motores aspirados, movidos a gasolina, 2.7 164 cv e 4.0 de 278 cv. No Brasil, tudo indica que teremos, além de novas motorizações, uma atualização do atual 2.7 Flex, com o objetivo de atender as regras vigentes no país quanto às emissões de poluentes.

Novidades

A nova aparência externa é também uma das novidades no veículo que mais chama a atenção. Neste caso, o fabricante investiu em faróis com formato diferente dos modelos anteriores. A dianteira ganhou mais formas e o carro ficou menos “quadrado”. Contudo, as dimensões da picape continuam semelhantes ao modelos da linha fabricados anteriormente.

O interior da nova Hilux, por sua vez, teve muitas modificações. Neste caso, o carro aparece com design moderno, além de ter se tornado bem mais refinado. O veículo contará também com: airbags e controles de estabilidade, sistema de frenagem de emergência, ar-condicionado automático e mais espaço entre os bancos.

A oitava geração da linha traz também mais conforto. Trata-se, portanto, de um veículo de “passeio”, com alta performance.

Lançamento e fabricação

A nova Toyota Hilux 2016 foi lançada na Tailândia. Na América Latina, a picape será montada em uma fábrica argentina, localizada em Zárate.

A finalização dos trabalhos por lá devem ocorrer até o final do mês de outubro de 2015. Segundo informações, a montadora investiu mais de US$ 800 milhões na fábrica instalada em território argentino. A expectativa é atingir a marca de cerca de 140 mil unidades a serem produzidas por ano.