O Salão de Nova York revelou muitas novidades aos apaixonados por carros, principalmente para aqueles que aguardavam com expectativa pelos lançamentos da categoria de sedans. Após o Kia Optima e o Chevrolet Malibu, foi a vez da Nissan apresentar a sua aposta para encarar os rivais. Trata-se do Nissan Maxima 2016, modelo esse que é um dos mais vendidos da montadora japonesa nos EUA.

Nissan Maxima 2016. Foto: Divulgação.

Nissan Maxima 2016. Foto: Divulgação.

Como já era esperado, o Nissan Maxima 2016 segue as linhas presentes no conceito Sports Sedan, modelo esse que foi revelado no Salão de Detroit de 2014. Sobre o visual, o sedan conta com um teto com caída mais suave na traseira, lateral ascendente, lanternas em formas de bumerangue e faróis recortados. Todos esses detalhes conferem uma pegada futurista ao modelo, tanto que a montadora japonesa o chama de “Sedan esportivo 4 portas”.

Nissan Maxima 2016. Foto: Divulgação.

Nissan Maxima 2016. Foto: Divulgação.

Nissan Maxima 2016. Foto: Divulgação.

Nissan Maxima 2016. Foto: Divulgação.

A parte interna também conta com novidades, tais como alerta de fadiga para o motorista, monitor de pontos cegos, alerta de tráfego, frenagem de emergência, alerta de colisão traseira, sistema de partida à distância e tela multimídia de 8 polegadas.

O motor é o 3.5 litros V6 capaz de gerar 300 cv de potência, tendo consumo médio de 12,8 km/l. Se for analisado, o propulsor do Nissan Maxima 2016 consegue apresentar um bom desempenho em paralelo à um rendimento de bom nível, visto que o seu gasto com combustível é baixo em comparação à sua capacidade de desenvolvimento.

O Nissan Maxima 2016 chega aos EUA disponível em seis versões de acabamento. A expectativa é de que as vendas comecem em meados de 2015, tendo o preço inicial de US$ 32.410.