As novas alíquotas de IPI já estão vigentes no país e com isso, algumas montadoras já começam a efetuar alterações em suas tabelas de preços para 2015. A Citroën Brasil é uma delas, no entanto a notícia não é boa para quem deseja adquirir um carro da marca, visto que os novos preços praticados pela a mesma ficaram bastante salgados.

Citroën C3 Parisian Vintage Concept, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

Citroën C3 Parisian Vintage Concept, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

O Citroën C3 foi um dos primeiros modelos franceses a sentir na pele o reajuste, visto que o preço do carro foi elevado em 7,32%, fazendo assim com que o compacto passe a custar R$ 43.990, um aumento de 3 mil reais, visto que o modelo custava R$ 40.990 antes das alterações na tabela de preços.

Esse aumento de 7,32% é praticamente quatro vezes maior que a elevação sofrida pelas alíquotas do IPI (subiu de 9% para 11%), lembrando que esse acréscimo citado é para carros com motor 1.0 e 2.0 Flex, o que confirma que houve um aumento real na tabela além do IPI.

Citroën C3 Parisian Vintage Concept, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

Citroën C3 Parisian Vintage Concept, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

Um dos carros chefe da Citroën, o C4 Lounge THP Flex foi o modelo da marca que mais sofreu com os aumentos na tabela. Foram 9%, o que indica que os preços passaram de R$ 82.090 para R$ 89.490, ou seja, cerca de R$ 7.400 reais a mais. Esses números espantam os consumidores. Parece que este será um ano difícil para quem deseja trocar de carro.

Citroën C4 Lounge Sport White, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

Citroën C4 Lounge Sport White, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

O que muitos especialistas e consumidores não entendem é que o Citroën C4 THP sofreu um aumento de preço na casa dos 9%, enquanto sua alíquota de IPI subiu apenas 1%, visto que por não ser Flex, o modelo caía na opção de alíquota de 10% para carros que possuem motores 1.6 e 2.0 movidos a gasolina. Atualmente, o modelo está posicionado na alíquota de 11%, ou seja, acréscimo de 1%, como já foi citado.

Citroën C4 Lounge Sport White, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

Citroën C4 Lounge Sport White, apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2014. Foto: Divulgação.

Concluindo, a tabela de preços foi elevada cerca de nove vezes a mais do que a real elevação do IPI, com exceção para o DS4 e o DS5, modelos topo de linha, que tiveram redução.

  • Citroën C3: R$ 43.990,00 (Antes: R$ 40.990,00) – Aumento: R$ 3.000,00 (Variação 7,32%)
  • Citroën C3 Picasso: R$ 52.990,00 (Antes: R$ 49.390,00) – Aumento: R$ 3.600,00 (Variação 7,29%)
  • Citroën C3 Aircross: R$ 58.990,00 (Antes: R$ 54.790,00) – Aumento: R$ 4.200,00 (Variação 7,67%)
  • Citroën C3 Aircross Salomon: R$ 60.540,00 (Antes: R$ 57.340,00) – Aumento: R$ 3.200,00 (Variação 5,58%)
  • Citroën C4 Lounge: R$ 66.290,00 (Antes: R$ 62.490,00) – Aumento: R$ 3.800,00 (Variação 6,08%)
  • Citroën C4 Lounge THP Exclusive: R$ 89.490,00 (Antes: R$ 82.090,00) – Aumento: R$ 7.400,00 (Variação 9,01%)
  • DS3: R$ 82.490,00 (Antes: R$ 79.900,00) – Aumento: R$ 2.590,00 (Variação 3,24%)
  • DS4: R$ 100.900,00 (Antes: R$ 102.990,00) – Redução: R$ 2.090,00 (Variação -2,03%)
  • DS5: R$ 123.490,00 (Antes: R$ 139.990,00) – Redução: R$ 16.500,00 (Variação -11,79%)