A Fiat Automóveis encerrou o ano de 2014 como líder de vendas no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves pelo 13º ano. A marca licenciou 698.236 mil unidades, conquistando 21% de market share e ficando mais de 119 mil unidades à frente do segundo colocado. Além dessa conquista, o Palio foi o automóvel mais vendido no Brasil em 2014, com 183.745 unidades emplacadas no ano. O modelo da Fiat superou todos os demais concorrentes e alcançou um market share de 5,5% das vendas totais entre todos os carros produzidos no Brasil e importados, conforme dados divulgados hoje pela Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores.

Fiat Palio Attractive 1.4, modelo 2015. Foto: Divulgação.

Fiat Palio Attractive 1.4, modelo 2015. Foto: Divulgação.

“Nossa liderança decorre de uma gestão eficiente da produção e do constante monitoramento do mercado para entendermos o que os consumidores estão desejando. Com isso, conseguimos nos antecipar e oferecer produtos que surpreendem nossos clientes”, avalia Cledorvino Belini, presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para América Latina.

Em 2014, três modelos da Fiat estiveram entre os cinco mais vendidos do ano: o Palio, a picape Strada (153.139 unidades) e o Uno (122.244 unidades).

A Fiat também bateu seu recorde de vendas de veículos comerciais leves, ao licenciar 192.726 unidades no ano passado. Contribuíram para essa marca histórica os maiores volumes de vendas da Strada (153.139 unidades) e da Fiorino (23.837 unidades) desde o lançamento desses produtos. A picape compacta da Fiat foi o carro mais vendido do Brasil no mês de março último, é líder em seu segmento há 14 anos e ultrapassou, em maio, o patamar de 1 milhão de unidades vendidas desde sua chegada ao mercado, em 1998. Fatos que comprovam o sucesso desse versátil veículo.

Palio

Desde o seu lançamento, em 1996, mais de 3,14 milhões unidades do Palio já foram vendidas no mercado brasileiro. A liderança de mercado alcançada em 2014 é resultado do posicionamento estratégico do modelo no mercado, de modo que suas várias versões atendem desde a faixa de entrada até consumidores mais exigentes, e vem coroar a trajetória bem-sucedida do hatchback da Fiat Automóveis.

Palio Fire Way. Foto: Divulgação.

Palio Fire Way. Foto: Divulgação.

O Palio carrega uma história de ousadia, vanguarda e inovação no mercado brasileiro. Foi o primeiro carro mundial da Fiat produzido no Brasil e se destacou pela inovação e pioneirismo na adoção de itens de tecnologia e segurança em modelos de sua faixa de mercado. Já na versão de lançamento, chamou a atenção pelo design moderno e os equipamentos que disponibilizava, como freios ABS, ar-condicionado e airbags frontais. Em 2000, a versão Palio Citymatic trazia uma embreagem automática, oferecida pela primeira vez num automóvel dessa categoria. Em 2003, passou a ter como opção os motores Flex 1.0 8V, 1.3 8V e 1.8 8V, que podiam ser abastecidos tanto com etanol quanto com gasolina em qualquer proporção.

Palio Fire Way. Foto: Divulgação.

Palio Fire Way. Foto: Divulgação.

Após três reestilizações, a Fiat lançou em 2011 o Novo Palio. Esta geração foi totalmente remodelada e apresentou inovações tanto no design quanto no conteúdo. O carro ficou maior no comprimento, na largura, na altura e no entre-eixos: um ganho para todos os ocupantes, que passaram a contar com mais espaço interno e ainda mais conforto. Além disso, todas as seis versões foram oferecidas com direção hidráulica, entre outros recursos.

Com versões que atendem aos mais variados perfis de consumidores, a família Palio cresceu no ano passado após um reposicionamento estratégico da gama Fiat. O Palio Fire se tornou o carro mais barato fabricado no Brasil e ganhou ainda uma versão mais robusta, o Palio Fire Way. Foi essa versatilidade que deu ao carro a liderança no ranking de vendas em 2014.