Já presente no mercado norte-americano, o BWM i8 será uma das atrações da montadora alemã no Salão do Automóvel de São Paulo, evento esse que acontece durante o mês de outubro e que trará também, outros lançamentos das demais marcas.

Caçula da família “i” (família formada por veículos que possuem a função de reduzir o impacto ambiental, uma vez que poluem menos), o BMW i8 é mais um híbrido a entrar no segmento. Dotado de três motores e duas caixas de marcha, o modelo ainda dispõe de opções com tração integral, traseira ou dianteira.

Tendo sua força principal vindo de dois motores elétricos, o BMW i8 possui uma autonomia bastante baixa, cerca de 35 km. No entanto, para compensar esse fraco rendimento, há ainda a presença de mais um bloco, esse um 1.5 de três cilindros, movido a gasolina e que é capaz de fornecer 324 cv de potência.

Lembrando que esse propulsor 1.5 (o mesmo que equipa o MINI Cooper), combinado com o tanque de combustível com 45 litros de capacidade, permite ao BMW i8 híbrido, uma autonomia de até 600 km.

Em relação ao desempenho, os três motores funcionando juntos resultam em 367 cv de pura potência. Com isso, o BMW i8 consegue fazer de 0 a 100 km/h em apenas 4,4 segundos, tendo a velocidade máxima de 250 km/h.