Ainda em fase de pré-venda, o crossover, Porsche Macan, é a mais nova aposta da montadora no mercado brasileiro. Com previsão de iniciar suas vendas oficiais em julho, o modelo terá preços que partem de R$ 300 mil.

Apresentado pela montadora em 2013, o Porsche Macan já está sendo produzido na fábrica de Leipzig, Alemanha. Lembrando que, o sedan Panamera e o Cayenne, também são fabricados na mesma planta.

Embora, seja um carro de alto nível, o Porsche Macan não terá vida fácil no mercado brasileiro, uma vez que o crossover terá de disputar a preferência dos consumidores com a badalada Range Rover Evoque e a BMW X3. Além disso, o modelo também brigará com o Boxster pelo posto de Porsche mais barato do Brasil.

No Brasil, o Porsche Macan estará disponível em duas versões: a S (R$ 399 mil), que conta com o propulsor V6 3.0 capaz de gerar 340 cavalos de potência e a Turbo (R$ 499 mil), que equipa o motor 3.6 V6 biturbo que fornece 400 cv de potência. A transmissão para ambos os blocos é a automática de sete marchas e dupla embreagem.

Sobre a dinâmica do Porsche Macan é importante ressaltar que o crossover conta com três diferentes modos de condução: O Sport, Sport-Plus e o Off-Road (desativa os auxílios à condução, como o controle de tração). Há também a presença do controle de largada para promover a máxima eficiência na aceleração, além do sistema de freios a disco nas quatro rodas (os discos de cerâmica são opcionais).

A suspensão é a ar e conta com três tipos diferentes de regulagem: Normal, Sport (suspensão rebaixada em 1 cm) e Off-Road (suspensão elevada em 4 cm).

Para finalizar, é importante dizer que o interior do Porsche Macan foi produzido cuidadosamente, visto que cada detalhe foi muito bem planejado. Isso fica bastante evidente no volante (com desenho parecido com o do 918 Spider), no local da chave no lado esquerdo e no formato do painel.