A fábrica da Nissan já iniciou os seus trabalhos, lembrando que a planta fica localizada em Resende, no Rio de Janeiro, e tem capacidade máxima de produção de até 200 mil veículos/motores por ano. Entre os primeiros modelos que serão fabricados em território brasileiro, destaque para o New March 2015, compacto esse que será equipado com o propulsor 1.6 16V FlexFuel.

O curioso é que o New March (nome dado ao modelo nacional) dividirá o mercado com o seu modelo antigo (importado do México). No entanto, a fim de evitar o famoso “canibalismo”, a Nissan possui objetivos diferentes para os dois carrinhos. A versão 2014 será concorrente do Volkswagen up!, enquanto o modelo 2015 terá de disputar a preferência dos consumidores com o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20.

Entre as novidades estéticas, destaque para as novas lanternas, para-choques, grade frontal e faróis que deram ao compacto um visual ainda mais moderno e agradável. O interior também recebeu mudanças, como a nova grafia dos instrumentos, painel com novos comandos, bancos com novos revestimentos, entre outros detalhes que deixam a parte interna do Nissan New March 2015 ainda mais confortável e sofisticada.

A motorização será formada pelos propulsores 1.0 e 1.6 Flex, acoplados a uma transmissão manual de cinco marchas. Lembrando que ambos os blocos serão 16V e que o Nissan New March 2015 contará com duas versões de configuração, a S e SV.

Em relação aos itens de série, o Nissan New March 2015 na versão de entrada será equipado com ar-condicionado, travas, vidros e espelhos elétricos, freios ABS com EBD e direção elétrica. O modelo top de linha ainda adiciona sistema de som com rádio/CD/MP3, USB e entradas auxiliares e volante multifuncional.

Com a inauguração da sua primeira fábrica no Brasil e com a produção do New March 2015 em território brasileiro, a Nissan espera conquistar ao menos 5% do mercado interno. Lembrando que junto da Renault, a montadora japonesa já dispõe de 10% do mercado, podendo assim chegar a 15%.