Propriedade de ninguém menos que a Volvo Automóveis, a Geely é uma montadora chinesa que aos poucos está se instalando no mercado brasileiro. Para iniciar com o pé direito, a marca irá apostar no seu sedan médio EC7, modelo esse que começa a ser vendido em março com preços que variam entre 50 e 55 mil reais. Lembrando que em abril, será a vez do compacto Geely GC2 desembarcar em terras canarinhas, o carrinho custará algo em torno de R$ 30 mil.

Equipado com motor quatro cilindros 1.8 16V (a gasolina) capaz de gerar 130 cv de potência. O Geely EC7 ainda conta com câmbio manual de 5 marchas. Seu conjunto mecânico possibilita ao modelo fazer de 0 a 100 km/h em 12 segundos, tendo a velocidade máxima de 185 km/h.

O modelo será trazido para o Brasil pelo Gandini, grupo esse que é responsável também, por trazer os carros da Kia para o nosso país. Segundo a Gelly, as vendas serão iniciadas nas seguintes cidades: São Paulo, São José do Rio Preto, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Porto Alegre, Natal, Maringá, Londrina, Florianópolis, Goiânia, Brasília e Belo Horizonte.

Importado do Uruguai, o EC7 é produzido no esquema de CKD, ou seja, há apenas a montagem das peças. Por vir do eixo sul-americano, o sedan estará livre de impostos de importação, visto que os dois países contam com acordos de comércio.

Sobre as dimensões do carro, o Geely EC7 conta com 2,65 m de distância entre-eixos, 1,47 m de altura, 1,78 m de largura e 4,63 m de comprimento.

A lista de itens de série não é tão extensa, mas o suficiente para garantir um bom nível de comodidade aos ocupantes do sedan. Equipamentos como travamento central, regulagem de altura da direção, direção hidráulica, ar-condicionado digital, freios ABS+EBD, freio a disco nas quatro rodas e rodas de liga leve aro 16 são alguns dos destaques.

O Geely EC7 estará disponível nas seguintes cores: azul, cinza, branco, prata e preto. Lembrando que a garantia é de 3 anos ou então 100 mil km.