Apresentado durante o Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, o Hyundai Grand Santa Fe 2014 é a aposta da montadora sul-coreana para tentar assumir a liderança da categoria. A concorrência é forte, no entanto a marca tem se mostrado pronta para superar os rivais.

Responsável por substituir o Hyundai Vera Cruz, o Grand Santa Fe 2014 é nada mais nada menos do que a versão alongada do Santa Fe original. O modelo estará disponível em configurações com seis ou sete lugares.

Diferente do que muitas montadoras fazem (apostando no mercado brasileiro, indiano e chinês), a Hyundai direcionará o Grand Santa Fe principalmente para o continente europeu, uma vez que a montadora vê os consumidores do velho continente mais interessados nesse tipo de carro.

Para tentar atrair a atenção e conquistar a preferência dos consumidores, a Hyundai trará um Grande Santa Fe 2014 com maior capacidade no porta-malas, interior com espaço interno ampliado e design moderno e sofisticado.

Contando com um chassi mais longo do que o presente na versão original do modelo, o Grand Santa Fe 2014 foi desenvolvido e fabricado com o design baseado na linguagem “Edge Storm”, novidade essa que fez sucesso na configuração convencional do carro.

Em relação à versão “mais curta”, que foi apresentada em novembro de 2012 no Salão do Automóvel de Nova York, nos EUA, o Hyundai Grand Santa Fe conta com a dirigibilidade e posição de dirigir ajustadas, a fim de garantir a melhor experiência possível ao motorista na hora de conduzir o veículo.

Tomando como termo de comparação, as dimensões, o Grand Santa Fe 2014 é 225 mm mais longo, 5 mm mais largo e 10 mm mais alto, isso tudo por causa da distância entre-eixos que é 100 mm maior.

Como já foi dito, devido a essas alterações nas dimensões, o Grand Santa Fe conta com um porta-malas capaz de acomodar 607 litros, sendo assim o maior da categoria. Além disso, o modelo dispõe das opções de seis ou sete lugares, tornando-se a opção ideal para quem deseja contar com muito conforto ou então que necessita de realizar viagens longas.

Sobre o design, as novidades ficam por conta das rodas de liga leve de aro 18 ou 19, para-choque traseiro e dianteiro remodelados, faróis de neblina com novos desenhos e contornos e grade frontal com nova estrutura e linhas.

A parte mecânica conta com o motor 2.2 R VGT a diesel capaz de gerar 197 cavalos de potência, acoplado a um câmbio automático de seis velocidades. A direção conta com o sistema Flex Steer (três modos de condução) e o teto solar panorâmico é opcional.