Chevrolet lança série especial Tracker Freeride por R$ 67.690

Já está disponível nas concessionárias da Chevrolet a versão mais em conta do Tracker, a a série especial Freeride. O modelo chega equipado com o motor Ecotec 1.8 litro flex-fuel e transmissão manual de cinco velocidades, nas cores exclusivas Branco Summit e Cinza Cyber.

Para de diferenciar da versão topo de linha, a Freeride tem adesivos nas laterais, adesivo preto fosco na coluna B aumentando a proporção das janelas, maçanetas e retrovisor pintados na cor do veículo, bicicleta estilizada com a marca da série, barras transversais, suporte para bicicleta da marca THULE.O preço público sugerido é de R$ 67.690,00.

Chevrolet lança série especial Tracker Freeride por R$ 67.690

“Esta série especial foi criada para atender a um público com espírito aventureiro, que busca esportividade no dia-a-dia e tem seu foco voltado também para o bem estar. Ele traz como diferenciais, além de adesivos exclusivos, uma bicicleta “mountain bike” e equipamentos necessários para o seu transporte de maneira segura”, destaca Hermann Mahnke, diretor de Marketing da Chevrolet / General Motors do Brasil.

Chevrolet lança série especial Tracker Freeride por R$ 67.690
A bicicleta é fabricada pela General Wings, nas cores Branco e Cinza, estilizada com adesivos Freeride, possui 27 marchas, câmbio Shimano, freio a disco nas duas rodas e amortecedor dianteiro. “A ideia foi desenvolver uma bike com um design que completasse o visual do Tracker e ao mesmo tempo, fizesse um convite ao condutor para explorar novos caminhos,” comenta Hermann Mahnke.
O interior possui bancos em tecido na cor jet black, com rebatimento 60/40 nos bancos traseiros, rádio AM / FM estéreo, com entrada de áudio auxiliar e grafismo exclusivo Freeride.
Chevrolet lança série especial Tracker Freeride por R$ 67.690

Outra novidade é o câmbio manual de cinco velocidades. O motor é o mesmo da versão LTZ, ou seja, um Ecotec 1.8 litro, que rende 144 cv quando abastecido com etanol e 140 cv com gasolina, ambas a 6.300 rpm. O torque máximo, com etanol, é de 18,9 kgfm já aparece com 3.800 rpm. Com gasolina, o torque máximo é de 17,8 kgfm, na mesma rotação.

Por Marcus Lauria