A fim de conquistar ainda mais o mercado brasileiro, a BMW começa a construir, a partir de dezembro, a sua fábrica em Santa Catarina. Com um projeto bastante ousado, a montadora irá produzir em terras canarinhas, o MINI Cooper, BMW X1, BMW X2, BMW Série 1 e o BMW Série 3.

A divulgação oficial da produção do novo MINI Cooper no Brasil acontecerá na cerimônia da pedra fundamental que acontecer no dia 11 de dezembro de 2013. O evento também marca o início da construção da planta no sul do país.

O novo MINI Cooper é resultado do novo plano de estratégia adotado pela BMW que consiste em produzir automóveis das duas marcas (MINI e BMW) utilizando a mesma plataforma, garantindo assim um custo menor.

Apresentado na última semana, o novo MINI Cooper já virá equipado com a nova linha de motores de três cilindros da BMW. Lembrando, que essa motorização também irá equipar outros modelos da montadora europeia.

Além disso, a montadora alemã também trabalha na adaptação dos novos motores do MINI Cooper e demais blocos à tecnologia flex. O primeiro modelo bicombustível já está na lojas, trata-se do BMW Série 3 Active Flex.

Como dados informativos, vale ressaltar que a fábrica da BMW em Araquari (Santa Catarina) será capaz de produzir cerca de 32 mil carros por ano. Com o investimento já liberado pelo governo, a montadora alemã poderá importar até 12,8 mil carros por ano (enquanto a linha de produção não estiver pronta) sem a inclusão do Super-IPI (que é o IPI de 65% de Imposto sobre Produtos Industrializados cobrada nas importações de veículos).

Ainda sem poder contar com as vendas do novo MINI Cooper que só deve chegar as concessionárias em 2015, a BMW espera fechar o ano de 2013 com cerca de 15 mil unidades vendidas, número esse que é 72% mais alto que o do ano passado.