Lançado no ano passado, o C4 Aircross é uma das apostas da Citroën para assumir a liderança do segmento de utilitários, categoria essa que, atualmente, é dominada pelo Ford EcoSport e pelo Renault Duster.

Inicialmente, o modelo irá para o mercado argentino e para o europeu (assim como aconteceu com o modelo 2013), no entanto, devido aos bons resultados que a empresa tem alcançado no mercado brasileiro, é bastante provável que o Citroën C4 Aircross 2014 desembarque no Brasil.

Fruto da parceria Citroën – Mitsubishi, o C4 Aircross conta com diversos componentes e também com a mesma plataforma do ASX (modelo esse que tem alcançado excelentes vendas no mercado brasileiro). Segundo algumas fontes, empolgados com a boa aceitação por parte do modelo japonês, os executivos da montadora francesa dão como certa a vinda do SUV para o Brasil. A previsão é de que o carro chegue entre o último trimestre de 2013 e primeiro de 2014.

Visual

Sendo uma espécie de “versão licenciada” do Mitsubishi ASX, o Citroën C4 Aircross 2014 conta com algumas modificações. A dianteira e a traseira, por exemplo, foram totalmente redesenhadas, a fim de apresentarem um estilo mais próximo ao que é comum aos carros da marca francesa.

Itens de série

O modelo deve vir equipado com ar-condicionado automático, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, sistema de som com MP3 e Bluetooth, bancos em couro com aquecimento (dianteiros), sensor de estacionamento, teto panorâmico fixo, rodas aro 18, piloto automático, barras longitudinais no teto, faróis de xenon, luzes diurnas de LED, freios ABS e EBD, controle de estabilidade e seis airbags.

Na configuração automática, ainda adicionam-se sistema de acesso sem chave, borboletas atrás do volante (Paddle Shift) e partida por botão.

Motorização

Em relação à parte mecânica do modelo, é provável que o C4 Aircross seja equipado com o propulsor 1.6 THP (mesmo presente na linha DS), acoplado a uma transmissão automática de seis marchas. No entanto, algumas fontes garantem que o carro receberá o bloco 2.0 (mesmo do Mitsubishi ASX) capaz de gerar 150 cv de potência, acoplado ao câmbio automático CVT, tendo em vista que o modelo lançado na Argentina é equipado com essa configuração.

Preço

Embora não existam muitas informações sobre o modelo, nem mesmo uma definição se o carro realmente virá para o Brasil. A previsão é de que o Citroën C4 Aircross 2014 custe a partir de R$ 100 mil. Ainda especula-se que o SUV possa chegar em terras canarinhas apenas na versão com bloqueio eletrônico do diferencial e tração 4×4.