A GM lançou essa semana uma das suas maiores apostas para o segundo semestre de 2013, trata-se do Chevrolet Tracker que desembarca no mercado brasileiro em outubro desse ano. Importado do México, o modelo não será mais uma versão do Suzuki Grand Vitara e sim um projeto totalmente inédito que utiliza a mesma plataforma do Cobalt, Onix e Prisma.

Exterior

O objetivo da Chevrolet é de desbancar o Ford EcoSport, modelo esse que tem dominado a categoria de SUVs no mercado nacional. Para isso a montadora norte-americana tratou de dar uma repaginada no visual do Tracker e, sendo assim, o utilitário deixou de ter um estilo “off-road” para ingressar em um design mais “shopping”.

Interior

Em relação ao seu interior, o destaque vai para o sistema MyLink, o mesmo que equipa o Onix, e que permite ao condutor executar diversas funções por meio do comando de voz. Acabamento, espaço interno e conforto parecem não ter sido alterados, no entanto podemos considerar que os mesmos já se encontram em um nível alto.

Rivalidade com o Ford EcoSport

Se comparado ao seu maior rival (Ford EcoSport), o Chevrolet Tracker possui uma visibilidade melhor, além de um espaço útil maior, uma vez que o fato do modelo da Ford possuir um estepe na traseira acaba por reduzir sua área útil.

Essa redução de espaço pode ser confirmada com o entreeixos menor (2,52 m do Ford EcoSport contra 2,56 m do Chevrolet Tracker) e também com a capacidade do porta-malas (326 litros do Ford EcoSport contra 356 do Chevrolet Tracker).

Motorização

O Chevrolet Tracker 2014 está equipado com o motor 1.8 Ecotec capaz de gerar 140 cv de potência com gasolina e 144 cv de potência com etanol. Em relação à transmissão, o consumidor poderá escolher entre o câmbio manual de cinco marchas ou então pelo automático de seis.

O consumo do Chevrolet Tracker 2014 deve ser próximo dos números abaixo:

  • Na cidade: 8,9 km/ l (8,6 km/l AWD)
  • Na estrada: 16,3 km / l (15,6 km/l AWD)

Itens de série

O Chevrolet Tracker será vendido inicialmente, apenas na versão LTZ, visto que a montadora americana deseja ir “devagar” com uma das suas grandes apostas para a temporada. Dentro da sua configuração top de linha (LTZ), o modelo terá as versões 1 e 2, sendo que a primeira traz rodas de liga leve aro 18, faróis de neblina, computador de bordo, câmera de ré com sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, trio elétrico, freios ABS, duplo airbag, central multimídia MyLink com GPS, bancos de couro, direção hidráulica e ar-condicionado.

A configuração 2 da versão LTZ (a única que virá para o Brasil) é equipada com todos os itens já citados, sendo que ainda adiciona-se teto solar elétrico e airbags de cortina e laterais (são 6 ao todo).

Preço

Durante muito tempo se especulou a respeito dos preços do Chevrolet Tracker 2014, no entanto, com a chegada do modelo às concessionárias, a GM finalmente divulgou os valores do seu novo “jipinho”.

A versão 1 custa a partir de R$ 71.990, enquanto a configuração 2 tem seu preço iniciado em R$ 75.990, lembrando que esses valores são sugeridos pela Chevrolet, havendo assim a possibilidade de mudanças.