É isso mesmo, essas três marcas de superesportivos exclusivos estão de saída do país. O principal empecilho alegado pela empresa representante, no caso a Platinuss, é que o alto custo do estoque de carros que beiram os R$ 4 milhões de reais, torna o negócio impraticável a longo prazo.

As primeiras medidas adotadas pelo dono da Platinuss, o empresário Natalino Bertin Júnior, foi a demissão de toda equipe de vendas e o fechamento da única revenda aberta, localizada na Av. Europa, em São Paulo.

A intenção do empresário daqui pra frente é investir na construção civil, mas há uma forte chance dele ainda continuar investindo no setor automotivo. Pessoas próximas dizem que ele está prestes a trazer os modelos da Saab ao país.

O acordo já foi assinado com os dois grupos de chineses que compraram a marca recentemente e a primeira revenda será aberta até o fim do ano na Av. Brasil. Os dois primeiros modelos a chegar ao país serão o utilitário 9-4X e 9-5, nas versões hatch e sedã.

Fonte: Carsale