Clymbol_F

Como foi antecipado por um executivo da marca à revista Auto Esporte no Salão de Paris, a Renault vai reestilizar o Clio vendido atualmente no Mercosul e a Argentina foi o local escolhido para produzir esse “novo” carro. A informação foi confirmada essa semana pelo chefe da Renault Argentina, Dominique Maciet. De acordo com o executivo, o “novo” veículo será feito sobre uma plataforma já existente em Santa Isabel e suas dimensões serão pequenas, com alto volume de produção – algo em torno de 100 mil unidades anuais.

A má notícia nisso tudo é que nem de longe ele vai lembrar o atual Clio III vendido na Europa e seu desenvolvimento deve levar em conta a parte de custo e economia de materiais – algo que já conhecemos muito bem aqui no Brasil. Ou seja, com certeza vem por aí outro carro de design duvidoso, com qualidade inferior e somado à uma mecânica ultrapassada.

Projeção: Garagem do João